05/08/2020

Município Transparente promove evento sobre governo aberto e transformação digital

No dia 30 de junho, o programa Município Transparente, patrocinado pela Techint Brasil, promoveu um evento online para discutir governo aberto, transparência e o papel da transformação digital na atual situação da pandemia da Covid-19. Os painéis de discussão tiveram a participação de representantes da Controladoria Geral da União (CGU), da Controladoria Geral do Estado de Minas Gerais (CGE-MG) e da Prefeitura de São Paulo (Secretaria Municipal de Tecnologia e Inovação e Supervisão para Assuntos de Governo Aberto – PMSP).

Também participaram da atividade cerca de 40 servidores públicos de Patrocínio e Serra do Salitre, em Minas Gerais, região onde a empresa desenvolve um de seus projetos. Realizado pela Agenda Pública em parceria com o Instituto Ethos, o Município Transparente adaptou suas atividades de forma remota por conta da pandemia.

“Os últimos meses afirmaram a relevância dos princípios da agenda de governo aberto, principalmente pela necessidade de incorporar o uso da tecnologia nas rotinas e processos de trabalho para termos serviços públicos digitais simples, inclusivos e acessíveis”, afirma Amanda Moreira, coordenadora de projetos da Agenda Pública e responsável pelo programa.

“A ética não pode entrar em crise. Por isso, a necessidade de continuarmos com iniciativas que fomentem a integridade, a transparência e ações de governo aberto como o Município Transparente têm feito e do qual temos orgulho de participar”, diz Ricardo Ourique, Diretor-Geral da Techint Brasil.

“O governo aberto já não é mais um sonho”

“Governos abertos buscam promover governos melhores porque criam uma cultura de governança pública, baseada na informação como forma de discutir os problemas da sociedade e a atuação dos governos”, disse Otávio Castro Neves, atual diretor de Transparência e Controle Social na Controladoria-Geral da União (CGU), em que é responsável pelo Portal da Transparência e pela política de Dados Abertos.

“Apesar de sermos o ‘interior do interior’, o governo aberto já não é mais um sonho aqui, eu acho até que podemos servir de modelo para Minas Gerais e para o Brasil. Nós saímos da janelinha, onde fazíamos o atendimento à população, há apenas oito meses. Tivemos que redesenhar a prefeitura na parte física e administrativa para prestar um serviço melhor, utilizando a tecnologia como aliada. Estamos no caminho certo. Para mudar o país, é preciso levar essa transformação para as pontas”, disse Marcus Ávila, secretário municipal de Administração e Finanças de Serra do Salitre (MG), município de pouco mais de 10 mil habitantes, localizado no Triângulo Mineiro.

Saiba mais em: https://bit.ly/3a5kgdm 

Fale conosco

Sua mensagem foi enviada com sucesso. Em breve entraremos em contato.